Mocambique mencionado como um dos paises que tomou medidas preventidas do coronavírus

Mocambique mencionado como um dos paises que tomou medidas preventidas do coronavírus

Moçambique mencionado como um dos paises que tomou medidas preventidas do coronavírus

Moçambique foi mencionado na LBC, uma das maiores radios Inglesa em termos de audiencia, como um dos paises que tomou medidas fortes de prevencao de coronavirus no mundo.

Segundo a LBC, varios paises inclji do Mocambique proibiu e cancelou todos os voos e wntradas de passageiros vindo da China e de países onde o coronavírus está predominante.

 

Moçambique continua sendo um país certo para viagens de turismo e negocio, porque nao é considerado como um pais em risco de infecção.

que é o novo Coronavírus 2019?

Os Coronavírus são uma família de vírus que podem causar doença no ser humano. A infeção pode ser semelhante a uma gripe comum ou apresentar-se como doença mais grave, como pneumonia.

O novo Coronavírus (inicialmente denominado 2019-nCoV), foi identificado a 7 de janeiro de 2020, na China. Tal surge na sequência de, a 31 de dezembro de 2019, a China ter reportado à Organização Mundial da Saúde vários casos de doentes com pneumonia de causa desconhecida em trabalhadores e frequentadores do mercado de peixe, mariscos vivos e aves na cidade de Wuhan, província de Hubei.

Atualmente este vírus é designado de COVID-19.

 

Como se transmite o Coronavírus?

A identificação de doentes que frequentaram o mercado de Wuhan pressupõe que possa ter havido transmissão a partir do contato com animais. Inicialmente foi comprovada a transmissão pessoa a pessoa, mas assumindo-se que a proveniência apenas da província de Hubei na China era critério epidemiológico.

O surto evoluiu rapidamente, afetando outras partes da China e fora do país. Os casos já foram detetados em vários países da Ásia, mas também na Austrália, Europa, América do Norte e África. Os primeiros casos na Europa foram confirmados em França.

Os surtos de novas infeções por vírus em pessoas são sempre uma preocupação em termos de saúde pública, especialmente quando há pouco conhecimento sobre as características do vírus, como se espalha entre as pessoas, qual a gravidade das infeções resultantes e como tratá-las.

 

Quais são os sintomas do Coronavírus e como pode surgir?

Os sintomas reportados por doentes infetados com o COVID-19 são habitualmente febre, tosse e falta de ar.

As complicações como pneumonia e bronquite têm surgido sobretudo em doentes idosos ou com outras doenças crónicas que diminuem o seu sistema imunitário.

O Centro de Prevenção e Controlo das Doenças (CDC) considera que o tempo de incubação do vírus pode durar entre 2 a 14 dias.

 

Como prevenir?

Não existe vacina, pelo que a prevenção passa por evitar a exposição a este vírus.

De momento não existem limitações de viagens. No entanto as recomendações de prevenção são as habituais para os viajantes, de acordo com a Direção Geral de Saúde.

 

Os viajantes que chegam da China ou que tenham tido contacto próximo com doente infetado, há menos de 14 dias, e que apresentem sinais e sintomas de infeção respiratória aguda, com febre, tosse e dispneia e nenhuma outra causa que explique a sintomatologia devem:

  • Ligar para o Centro de Saude, antes de recorrer a serviços de saúde, e referir sempre o histórico de viagens, e/ou contato com animais e/ou pessoas doentes, seguindo as orientações que lhes forem dadas
  • Restrição social
  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão
  • Adotar medidas de etiqueta respiratória – tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos)
  • Deitar o lenço de papel no lixo
  • Lavar as mãos logo de seguida
  • Utilizar máscara cirúrgica, se a sua condição clínica o permitir

 

Os viajantes que forem para uma área afetada devem:

  • Seguir as recomendações das autoridades de saúde do país
  • Evitar o contato próximo com doentes com infeções respiratórias agudas
  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou com uma solução de base alcoólica, especialmente após contacto com uma pessoa infetada ou partilha do seu espaço
  • Evitar o contato com animais
  • Evitar o consumo de produtos de origem animal, crus ou mal cozinhados

 

Este novo vírus tem tratamento?

Não existe tratamento específico até à data. O tratamento é sintomático e de suporte de órgãos, de acordo com a gravidade dos casos.

Os antibióticos não são adequados para infeções virais. Os antivirais com que se tratam atualmente as pneumonias causadas pelo vírus da gripe não são adequados para o Coronavírus.

 

Existem já publicações em revistas médicas de elevada credibilidade como o New England Journal of Medicine como forma de partilhar a experiência clínica adquirida até à data pelos hospitais e equipas que têm tratado os doentes infetados com COVID-19.

 

 

É uma emergência internacional?

O Comité de Emergência do Regulamento Sanitário Internacional reuniu a 22 e 23 de janeiro, tendo decidido não declarar Emergência de Saúde Pública de Âmbito Internacional. A China adotou medidas de contenção rigorosas.

Posteriormente, a 30 de janeiro de 2020, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto uma Emergência Internacional pedindo “uma ação coordenada de combate à doença deverá ser traçada entre diferentes autoridades e governos“.

 

Já foram reportados mais de 75 mil casos de COVID-19 e mais 2 mil mortes. Do total de casos, mais de 40 são na Europa e Estados Unidos da América.

 

Por Sérgio César 

 

Post Discussion

Be the first to comment “Mocambique mencionado como um dos paises que tomou medidas preventidas do coronavírus”

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.